O manejo clínico do psicanalista

As asas não se concretizam. Terríveis e pequenas circunstâncias Transformam claridades, asas, grito, Em labirinto de exígua ressonância. Os solilóquios do amor não se eternizam. E no entanto, refaço minhas asas Cada dia. E no entanto, invento amor Como as crianças inventam alegria. (Hilda Hist, De amor tenho vivido - 50 poemas) Gostaria de discutir sobre um aspecto da clínica que me parece importante afim de refletirmos sobre o lugar do psicanalista e seu manejo clínico. Durante o processo de análise, a realidade do discurso dos pacientes vai se transformando ao longo das sessões. A mesma história, versões diferentes – os personagens vão ganhando outras roupagens, os protagoni

© 2018-2020 | Aprendimentos Clínicos | aprendimentosclinicos@gmail.com | São Paulo - Brasil